Gazeta/MS | 19/07/2016 Aline Santana volta e MS conquista quatro medalhas no Brasileiro de Boxe Campo-grandense garante o título de bicampeã brasileira da elite
Aline no pódio após conquistar o título da competição (Foto: Divulgação)

A campo-grandense Aline Santana, 25 anos, derrota na final a baiana Renata Gouvêa, 24, e garante o título de bi-campeã brasileira de boxe feminino elite (o outro título foi obtido em 2013), na categoria 64kg. A competição nacional, nas classes feminina elite e cadete masculino, foi realizada em Cuiabá (MT), no Ginásio Aecim Tocantins, começou no último dia 10 de Julho e terminou no sábado à noite, dia 16/07, com a participação de 180 atletas de 17 Estados e do Distrito Federal.

O Mato Grosso do Sul comemorou a obtenção de quatro medalhas. Além da de Ouro, conquistada por meio de Aline, uma de Prata foi obtida na categoria cadete 52kg, por Mateus Millas,15 anos, atleta do Ceintre/Vila Popular. As de Bronze foram de Pedro Henrique (63kg) e Geovane Telles (70kg).

Na disputa por equipe, os Brasileiros femininos e cadetes foram vencidos por São Paulo, seguidos por Bahia.

UM ANO FORA DOS RINGUES, ALINE CONQUISTA SEGUNDO TÍTULO EM 2016

Na final contra Renata Gouvêa (BA), na 64kg, Aline dominou o combate do começo ao final e venceu por decisão unânime. "ela se movimentou bem, neutralizou as investidas da adversária e mereceu a vitória" disse Luís Cláudio, técnico da Seleção de MS. "Encheu-nos de orgulho, nos fez lembrar-se dos grandes momentos que vivemos com ela (Aline Santana) nos campeonatos passados," complementou Edinoel Reis, outro técnico do selecionado sul-mato-grossense.

Aline foi integrante da Seleção Brasileira por três anos, onde disputou diversas competições e obtive títulos internacionais. Em 2014, uma contusão no braço direito o fez tirar da Seleção. No ano passado ficou fora de todas as competições. E neste ano, ao voltar aos ringues ela se emocionou ao disputar o Estadual, onde garantiu o título de campeã. "Este é meu lugar, não via o momento de voltar a lutar, por isso chorei muito" disse naquela oportunidade.

MS COLECIONA 15 MEDALHAS DE OURO EM BRASILEIROS

Desde 2006, ano em que Marcelo Nunes assumiu a presidência da FDBMS (Federação de Boxe de MS), o MS nunca ficou fora de uma competição nacional em todas as classes – Cadete, Juvenil, Elite masculino, Elite Feminino e juvenil feminino, e coleciona 15 medalhas de Ouro na sua história.

Na cadete, foi três vezes medalha de Ouro: em 2010 com Evaldo Silva, 2012 Ariel Augusto e em 2013, Gustavo Salvaterra.

Já na Feminina elite, foi o terceiro título de campeã. Em 2010 com Suellem Souza (51kg) e com Aline Santana em 2013 e 2016. A de 2013, a sul-mato-grossense comemorou o título pelo fato da adversária da final ter sido pego no exame antidoping.

Na Juvenil masculino, foi medalha de Ouro em 2009, com Kaiub Ajala, 2013 com Paulo Martins, e Gustavo Salvaterra em 2014.

As maiores conquistas do MS foram obtidas na classe Elite, com seis Ouros. Gleison Mamut foi cinco vezes campeão brasileiro – 2007, 2008, 2010, 2011, 2012, e Paulo Carvalho uma vez, em 2010.

Na disputa por equipe, MS foi vice-campeão na classe Elite em 2010.

Untitled Document

Siga-nos nas redes sociais: