Redação | 12/08/2016 Micale quer ajuda de Tite contra a Colômbia nas quartas de final

POR FOLHAPRESS

O técnico Rogério Micale não descartou a ajuda de Tite para o confronto contra a Colômbia, sábado (10), no Itaquerão, pelas quartas de final do torneio olímpico.

O treinador disse que espera contar com o apoio do ex-corintiano nos próximos dias.

No início da noite desta quinta (11), a delegação desembarca em Congonhas.

"Esse suporte da equipe profissional é importante. Não tenho nenhum problema com isso", disse Micale, que recebeu a ajuda do técnico da seleção principal na véspera da partida decisiva em Salvador.

Nesta quarta (10), o time de Micale goleou a Dinamarca, por 4 a 0, e conseguiu a primeira vitória no torneio olímpico. Com o resultado, a equipe ficou em primeiro lugar no grupo, com cinco pontos.

Antes da goleada na Fonte Nova, a seleção ainda não havia feito uma boa exibição na competição. O time empatara as duas primeiras partidas em Brasília e sequer marcara um gol no torneio antes de jogar na Fonte Nova.

Na terça, Tite chegou a Salvador, assistiu ao último treino e se reuniu com o baiano Micale. O treinador da equipe olímpica já havia declarado que o ex-corintiano seria o seu "consultor" nos Jogos Olímpicos.

Tite não foi nos dois primeiros jogos em Brasília porque viajou para o exterior.

"A presença do professor Tite é sempre importante, principalmente no relacionamento que tenho com ele hoje, a experiência que ele tem de vida, de vivenciar o futebol", disse Micale, descartando travar um guerra de egos com o treinador do time principal.

" A experiência dele sempre é bem-vinda no nosso meio. Sempre que ele tiver oportunidade de estar, será bem-vindo. Se ele não tiver nenhum compromisso, acredito que ele estará conosco em São Paulo", acrescentou.

Na próxima semana, Tite deverá fazer a sua primeira convocação para a seleção principal. No dia 1º de setembro, a seleção enfrentará o Equador, em Quito, pelas eliminatórias. Em seguida, no dia 6, o time joga contra a Colômbia, em Manaus.

Os brasileiros estão fora da zona de classificação para a Copa da Rússia. O time está em sexto lugar, com nove pontos.

Depois da partida em Salvador, Micale também agradeceu o apoio de Luiz Felipe Scolari. Da China, o treinador da seleção na Copa de 2014 ligou para o baiano na véspera da partida na Fonte Nova.

"Recebi um telefone do professor Felipão me dando força. É um outro grande profissional. Tendo essas pessoas a nossa volta, elas são sempre bem-vindas", disse Micale.

Untitled Document

Siga-nos nas redes sociais: