Uol Esporte | 17/08/2016 Terça triste para o esporte coletivo na Rio 2016
imagem: M. FERNANDES/ESTADAO/NOPP

O Dia 11 dos Jogos Olímpicos se dividiu entre alegrias e tristezas para o Brasil. Isaquias Queiroz, Robson Conceição e Ágatha/Bárbara tiveram muito o que comemorar na terça-feira. Já o vôlei, o handebol e o futebol feminino...

Confira o que de melhor aconteceu nesta terça-feira olímpica:

Tristeza no vôlei...

 

 

M. FERNANDES/ESTADAO/NOPP

imagem: M. FERNANDES/ESTADAO/NOPP

 

 

O que parecia improvável aconteceu. Contra a China, quarta colocada do Grupo B, a seleção brasileira levou a virada e deu adeus ao sonho do tricampeonato olímpico. O time de José Roberto Guimarães perdeu por 3 sets a 2 e a chance de repetir Cuba, única campeã olímpica três vezes consecutiva.

...no handebol...

 

 

Marko Djurica/Reuters

imagem: Marko Djurica/Reuters

 

 

A seleção brasileira feminina de handebol foi mais uma que deu adeus ao sonho do ouro. Contra a Holanda, o Brasil repetiu o resultado de Londres-2012 e caiu nas quartas de final do torneio: 32 a 23. “Estamos muito tristes, insatisfeitos, sonhávamos em algo muito maior jogando em casa", afirmou o técnico Morten Soubak.

...e no futebol feminino

 

 

Reuters

imagem: Reuters

 

 

O sonho da medalha de ouro chegou ao final para a seleção brasileira feminina de futebol. Em mais uma decisão de pênaltis, dessa vez contra a Suécia, o time comandado por Vadão foi derrotado e disputará a medalha de bronze, contra o Canadá.

Mas alegria no remo...

 

 

Eduardo Knapp/Folhapress

imagem: Eduardo Knapp/Folhapress

 

 

Isaquias Queiroz fez história ao se tornar o primeiro canoísta brasileiro medalhista olímpico. Em uma disputa remada a remada com seu maior rival, o alemão Sebastian Brendel, Isaquias acabou ficando com a prata na categoria C1-1000 m na Lagoa Rodrigo de Freitas.

...no boxe...

 

 

Peter Cziborra/Reuters

imagem: Peter Cziborra/Reuters

 

 

O boxe brasileiro conquistou sua primeira medalha de ouro. Robson Conceição venceu o francês Sofiane Oumiha por decisão unânime dos jurados (30-27, 29-28 e 29-28) na categoria dos pesos-leves (até 60 quilos). Na comemoração, o baiano pediu uma festa em seu retorno a Salvador, na Bahia.

...e no vôlei de praia

 

 

REUTERS/Adrees Latif

imagem: REUTERS/Adrees Latif

 

 

Na semifinal do vôlei de praia, Ágatha e Bárbara tinham pela frente uma lenda: Kerri Walsh. A norte-americana é tricampeã olímpica e jamais havia perdido um duelo na história das Olimpíadas. Mas perdeu, e por 2 sets a 0 (22/20 e 21/18). “A gente jogou com muito foco e o impossível se tornou possível", disse Bárbara à TV Globo.

Mais um drama para Murer

 

 

ALEXANDRE CASSIANO/NOPP

imagem: ALEXANDRE CASSIANO/NOPP

 

 

Campeã mundial em 2011, Fabiana Murer não conseguiu se classificar para a final do salto com vara na Rio-2016. Com uma hérnia de disco descoberta há um mês, abrasileira errou todas suas tentativas de saltar 4,55m. Depois da prova, ela chorou e anunciou aposentadoria no final do ano.

Emoções distintas na praia

 

 

REUTERS/Pilar Olivares

imagem: REUTERS/Pilar Olivares

 

 

A tarde do vôlei de praia teve sentimentos distintos para o Brasil. Primeira dupla a entrar em quadra, Talita e Larissa caíram para as alemãs Ludwig e Walkenhorst por 2 sets a 0. Na sequência, uma alegria brasileira: Alison e Bruno Schmidt venceram os holandeses Alexander Brouwer e Robert Meeuwsen por 2 sets a 1 e garantiram uma vaga na final do vôlei de praia masculino.

Antes tarde do que nunca

 

 

Julian Finney/Getty Images

imagem: Julian Finney/Getty Images

 

 

Oito anos depois de Pequim-2008, o revezamento 4x100m feminino do Brasil pode ganhar uma medalha. O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou a desclassificação da russa Yulia Chermoshanskaya, por causa de doping. Dessa maneira, o time da Rússia, que havia sido campeão da prova, terá seu resultado anulado. Com isso, o Brasil deverá herdar a medalha de bronze, caso a Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF) acate o pedido do COI.

Susto no ciclismo

 

 

Divulgação

imagem: Divulgação

 

Untitled Document

Siga-nos nas redes sociais: