Uol Esporte | 19/08/2016 Ontem foi dia de medalhas para o Brasil Vôlei de praia, vela e canoismo

Do UOL, em São Paulo

 

 

O Dia 13 dos Jogos Olímpicos foi dourado para o Brasil. No início da tarde, Martine Grael e Kahena Kunze subiram ao lugar mais alto do pódio na vela. No fim da noite, foi a vez de Alison e Bruno Schmidt ficarem com o ouro no vôlei de praia.

Família Grael fica ainda mais dourada

 

Reuters
imagem: Reuters

 

As brasileiras Martine Grael e Kahena Kunze ignoraram a pressão e venceram a regata decisiva da classe 49er FX para conquistar a medalha de ouro na vela. No duelo final, elas venceram o confronto direto com a dupla da Nova Zelândia. Essa é a oitava medalha da família Grael em Jogos Olímpicos. O tio, Lars, tem dois bronzes em 1988 e 1996, enquanto o pai, Torben, soma cinco medalhas (sendo duas de ouro) entre 1984 e 2004.

Brasil volta ao topo no vôlei de praia

 

Murad Sezer/Reuters
imagem: Murad Sezer/Reuters

 

Depois de 12 anos, o vôlei de praia brasileiro voltou a conquistar uma medalha de ouro. Contra os italianos Nicolai e Lupo, Alison e Bruno conquistaram o torneio da Rio-2016, por 2 sets a 0 (21/19 e 21/17).

Mais uma para a coleção de Isaquias

 

Eduardo Knapp/Folhapress
imagem: Eduardo Knapp/Folhapress

 

A angustia de Isaquias Queiroz durou um minuto. Nesse meio tempo, ninguém tinha certeza se a prova de recuperação dele no C1 200 havia resultado em medalha. Mas resultou. Na última remada, o brasileiro ultrapassou o espanhol Alfonso Ayala econquistou o bronze. Com o segundo pódio na Rio-2016, Isaquias se torna apenas o quinto brasileiro a conseguir mais de uma medalha na mesma edição e Jogos Olímpicos.

Untitled Document

Siga-nos nas redes sociais: