Redação | 20/12/2016 10 tendências que irão bombar em 2017 no mundo fitness Entidade americana divulga ranking de tendência do mundo das atividades físicas. Os dispositivos eletrônicos lideram
Atividades físicas com foco na perda de peso é destaque por causa do aumento contínuo nas taxas de obesidade (LuckyBusiness/Divulgação)

Por Theo Ruprecht / Abril Saúde

Todo ano, o Colégio Americano de Medicina do Esporte elabora um ranking com o que mais vai bombar no mundo da atividade física dali em diante. As escolhas são feitas a partir da opinião de especialistas da área — nessa última edição, foram mais de 1 800 entrevistados. E quem ficou em primeiro lugar dessa vez foram os aparelhos eletrônicos.

“Hoje, qualquer um consegue contar passos ou ver quantas calorias queimou com uma pulseira ou um celular”, afirmou o médico do esporte Walter Thompson, principal autor do levantamento. “Essas informações podem ajudar a avaliar o condicionamento físico e estimular escolhas mais saudáveis”, completou. Não à toa, esses apetrechos lideram o ranking desde o ano passado. Veja agora a lista com as dez maiores tendências do mundo dos exercícios físicos, segundo esse artigo americano:

1) Dispositivos eletrônicos
Vão de pulseiras que medem a frequência cardíaca a aplicativos capazes de montar percursos de corrida. O principal atributo deles é preservar a motivação para se exercitar.

2) Treinamentos funcionais
Eles não são uma novidade, mas estão na moda. Em vez de usar aparelhos na academia, o sujeito se vale do peso do próprio corpo — e de halteres, elásticos e afins — para malhar.

3) Exercício intervalado de alta intensidade
Esse tipo de treinamento chegou a liderar o ranking anos atrás. Basicamente, a pessoa intercala momentos de muita correria com outros de atividades mais leves. Se pensarmos bem, esportes como futebol, basquete, tênis e afins seguem esse preceito.

4) Contar com profissionais experientes e certificados
Na medida em que a atividade física é cada vez mais reconhecida como uma forma de prevenir e tratar doenças, é importante contar com a orientação de gente especializada, capaz de criar um plano de exercícios agradável, seguro e eficaz.

5) Treino de força
Estamos falando das práticas que visam fortificar os músculos — a musculação tradicional é a principal delas. É verdade que elas estão longe de serem uma novidade, porém seus benefícios, cada vez mais evidenciados por estudos científicos, alçaram-na para a parte de cima do ranking.

6) Exercícios em grupo
Eles estão ganhando espaço por sua capacidade de motivar as pessoas. Os laços que se formam em turmas de corrida, de ciclismo ou do que for incentivam a prática esportiva, além de firmarem um compromisso que nos dá gás para levantar da cama.

7) Movimentação como tratamento médico
Segundo os entrevistados da pesquisa, cada vez mais vamos encontrar médicos que receitam atividade física como parte do plano terapêutico para uma doença.

8) Ioga
É curioso que uma atividade milenar seja considerada uma tendência. Contudo, o fato é que os estúdios de ioga se multiplicam mundo afora — e os benefícios que ela proporciona, inclusive para a cabeça, justificam essa popularização.

9) Treinamento com personal 
Se a prescrição de exercício físico deve ser cada vez mais individualizada, é até natural imaginar que muita gente precisará recorrer a esses profissionais nos próximos tempos. O maior problema, aqui, continua sendo o valor das sessões.

10) Exercícios para emagrecer
Talvez o uso das atividades físicas com foco na perda de peso seja um destaque por causa do aumento contínuo nas taxas de obesidade ao redor do globo. De qualquer forma, é inegável que suar a camisa ajuda a emagrecer (e exige adaptações específicas no treinamento).

Untitled Document

Siga-nos nas redes sociais: